O TRATAMENTO ESPIRITUAL NA UMBANDA

“Quando você passa a frequentar as fileiras da Umbanda, inicia um processo terapêutico. Mais do que realizar pedidos diversos, esta divina religião promove um intenso e profundo tratamento espiritual. Afinal, nosso objetivo maior junto à espiritualidade é a evolução.

As pressões do mundo contemporâneo, as desgastantes jornadas de trabalho, as limitações diversas de afeto e desejos, as questões não resolvidas do passados, o medo, a insegurança e incerteza constante, entre outros “golpes” que a vida nos dá, deixam marcas em nosso campos emocional, mental e espiritual. Por este motivo, não é incomum o indivíduo apresentar desequilíbrios em diferentes áreas de sua vida.

A Umbanda, nesta situação, age como um imenso Hospital, cujo objetivo é curar a alma. E todos, em ao menos alguma área da vida, necessita da luz da espiritualidade. Este é o verdadeiro milagre: a transformação interior.

Precisamos compreender que muitos dos males que enfrentamos na vida originam-se nas desarmonias do espírito. Isto porque somos, em essência, energia e vibração. Os guias espirituais, por sua vez, compreendem profundamente os mecanismos sutis e é nesta dimensão que eles atuam.

Quando, por exemplo, é realizado um trabalho para “abrir os caminhos”, é sobre os corpos astrais do consulente que incide a ação da entidade. Isto é, muda-se sua vibração interna. Magia é isso, manipulação de energias conduzidas pela vontade.

E desde o momento que pisamos no chão do terreiro, e até mesmo antes disso, a Umbanda já está trabalhando por nós. Grande e imensa é a preparação, no plano astral, para a realização de uma gira. Extensas estruturas e tecnologias espirituais, amplos batalhões de espíritos, e complexas e intricadas energias são organizadas e mobilizadas para o exercício da caridade.

Entenda que o tratamento é gradual. Há muito para se limpar em nossa alma. Sentimentos e emoções negativas, memórias dolorosas, traumas, rancores, pensamentos desequilibrantes, hábitos destrutivos, entre outras enfermidades da alma, que foram acumuladas nesta e nas suas vidas anteriores.

O desenvolvimento espiritual, no entanto, não é uma simples linha reta. Como todos os outros caminhos, há momentos de crises, dúvidas, incertezas, que exigem o máximo de você. É quando a fé é chamada para assumir a linha de frente em nossa vida. Se você está passando por isso, confie. Não desanime, não desista. A espiritualidade é sábia e tudo possui um propósito para estar presente na sua vida

Toda vez que você conversa com uma entidade, aprende com ela, recebe seu passe, seu interior é trabalhado. A luz nele é plantada e cultivada. E, dia após dia, ele cresce. Até que você se perceba uma nova pessoa. Mais madura, mais sábia, e mais forte.

E para alcançar este ponto, os falangeiros da Umbanda utilizam-se de diferentes ferramentas e técnicas. Passes, descarregos, ervas, velas, firmezas, desobsessão, energização, som, entre tantos outros elementos que fazem parte de nossa religião. Sob a irradiação dos divinos Orixás, o bem-estar é plantado em nosso coração.

O destino deste processo de tratamento espiritual é nos tornarmos seres humanos equilibrados, conscientes de nossa realidade espiritual, mais próximos do Pai Maior, firmes moralmente e com vontade sadia. É preciso crescer espiritualmente. Deixar a Umbanda purificar seu coração, iluminar sua mente e curar as brechas da alma que dão oportunidade para o mal agir. Mude, ou a vida mudará você.”

Umbanda com simplicidade

Doações de alimentos

No próximo sábado entregaremos as cestas básicas para as famílias assistidas pela Casa e infelizmente não temos ainda todas as cestas necessárias. Pedimos aos irmãos e irmãs que nos ajudem para que ninguém fique sem os alimentos. Vocês podem ajudar com cestas ou alimentos não perecíveis como arroz, feijão, óleo, molho de tomate, macarrão, açúcar, sal, farinha de mandioca, café, biscoito e etc.

Agradecemos desde já ajuda!

Feijoada 2019

E a nossa feijoada vem aí!!!

A Feijoada da Casa de Jurema é uma confraternização realizada anualmente com comida saborosa e música num ambiente acolhedor e alegre.
Além da confraternização, o evento tem como objetivo arrecadar fundos para os trabalhos assistenciais a famílias carentes realizados ininterruptamente pela Casa.

Os convites individuais estão a venda apenas na secretaria da Casa de Jurema.
Não haverá venda de convites no dia do evento.
Crianças menores de 10 anos não pagam!

Feijoada: 10/10/2019

Valor: R$25,00 por pessoa

Endereço: Associação beneficente São Francisco de Assis (Rua Raul Barroso 24, Engenho Novo)

Horário: 13h às 17h

E se puder, contribua com um quilo de alimento não perecível para nossas cestas básicas.

Confirme sua presença também no Facebook: https://www.facebook.com/events/393314731349563/?ti=cl

Esperamos todos vocês lá!

Fotos da Festa de Ibeijada 2019

E hoje estamos publicando as fotos da nossa festa de Ibeijada!

Agradecemos imensamente pela ajuda de todos que contribuíram para essa linda festa! Foram mais de 300 crianças que passaram pra buscar doces, brinquedos e alegria!

Salve São Jerônimo! Salve Xangô!⚒

E hoje é dia de festa na Casa de Jurema! Ontem tivemos nossa festa à São Miguel e hoje teremos festa para São Jerônimo, sincretizado na Umbanda como Xangô. Kaô kabecilê!

Venham prestigiar pai Xangô, senhor da justiça! Nossa festa começará às 19h.

” Xangô é o fogo, o raio e o trovão, seu axé está nas pedreira, nas rochas que não se conseguem quebrar a não ser pelo seu próprio raio, tão duras e fortes que são a exemplo do próprio orixá. Sua área de atuação é a justiça, assim como seu símbolo principal é o “oxé”, seu machado de duas lâminas, pois não se faz justiça sem que se atente para os dois lados de cada situação”

🎶Eu vi meu pai Xangô com Iansã

Senhor do raio e do trovão

Eu vi Xangô na floresta, cascatas e cachoeiras

Eu vi Xangô saravando a sua pedreira

Kaô, kaô meu pai

Filhos de Umbanda balança mas não caí 🎶

Kaô kabecilê!

Exu é trabalhador da luz

Amanhã teremos gira de Exu às 19h. Lembrando que é apenas uma vez ao mês. E também estaremos recebendo doações de doces e brinquedos para nossa festa de Ibeijada no dia 27/09. Contamos com a presença de vocês!

Deixo aqui um texto interessante sobre os nossos guardiões. O estudo e o conhecimento é fundamental para termos um bom entendimento.

Os sinceros e trabalhadores do bem, exus, sempre nos passam seus conhecimentos e auxiliam na jornada da evolução. Eles sabem que todos têm seus defeitos e virtudes, reconhecem as limitações e qualidades ajudando quem está estagnado. Uma grande lição para todos nós é essa frase que diz que precisamos reconhecer nossos erros para aí sim, evoluirmos como pessoas.
Embora sejam considerados entidades mais próximos de nós na Terra, ainda assim estão em grau maior de evolução. Atuam no sentido de nos ensinar, nos fortalecer, nos doutrinar. Por esta razão, não espere que os Exus e Pombagiras vão remover todos os problemas da sua vida. Não é este o objetivo. Tudo tem o seu porquê.

“Exu é trabalhador. Ela não tem preguiça, não faz corpo mole, não faz bagunça. Se tem uma tarefa, ela faz. Porque seu maior desejo é cumprir sua missão de luz. Não importa se tem marafo ou não, se tem tabaco ou não, se veste branco ou colorido. O importante é fazer sua caridade.

Tudo o que Exu realiza é de acordo com as leis da espiritualidade. Não adianta insistir, ele não irá fazer nada que prejudique uma pessoa ou interfira no seu livre arbítrio. O mesmo vale para as pombagiras.

Exu conhece todas já sombras que podem habitar o coração humano, uma vez que muito ele já viu. Diariamente, lida com as almas que hoje colhem as consequências dos caminhos errados que seguiram quando encarnados. Dessa maneira, por conhecer os destinos humanos, sabe como tirar alguém da escuridão.

Exu leva luz para a escuridão. É aquele que auxilia na libertação de velhas prisões. Prisão que pode ser mental, emocional ou espiritual. Porque Exu é nosso guardião, no protetor. Ele nos estende as mãos mesmo quando somos nós mesmos que insistimos em nos atirarmos para o fundo do poço.

Porém, é preciso que você faça a sua parte. Exu te ajuda a levantar-se, mas é com suas forças que deve caminhar. As entidades não são muletas. Se você tem algum objetivo, procure, antes de tudo, ver como, na matéria, pode alcançá-lo. Coloque sua força e sua vontade em movimento. Dessa maneira, as coisas boas fluirão para você.”

Laroye Exu!

Fonte: De pés descalços

A prece nos aproxima da espiritualidade

Nunca podemos esquecer o poder de uma simples prece. Ela é o nosso primeiro e último contato com a espiritualidade. Pouco adianta oferecer os mais diversos elementos, decorar inúmeros rituais e procedimentos, utilizar as brilhantes pedras e contas, e esquecer de orar.

Quando nos dirigimos ao Pai Maior através da oração, nos aproximamos de suas vibrações. Gradualmente, cresce a comunhão com Deus. E, por meio sua graça, nossas trevas interiores são transmutadas em luz divina.

Por esta razão, é muito importante que a prece seja realizada diariamente, especialmente no momento de acordar e antes de dormir. Não subestime sua enorme capacidade de transformar nossa vida, tanto por dentro quanto por fora.

Cada vez que uma oração é realizada, é como se uma luz fosse acesa no seu espírito e no ambiente onde de encontra. Isto é capaz de mudar a vibração de qualquer lugar. E cria uma aura de proteção para todos os que ali frequentam.

A prece está acessível a qualquer um. Não exige nenhum segredo, nenhum ritual, nenhum elemento. Basta se conectar às forças superiores. Expressar, com suas próprias palavras, o que sente e entregar tudo nas mãos da espiritualidade.

Quando, por algum motivo, não consegue fazer uma prece livre, até mesmo as rezas decoradas possuem o seu valor. O importante é sintonizar, dentro do coração, com as vibrações superiores. Pense nisso como um longo tratamento, uma espécie de transfusão de energia, capaz de nos curar de todas as mazelas da alma.

A oração praticada com regularidade indica compromisso real e sincero com a espiritualidade. É o nosso alimento espiritual, que a cada nos torna mais próximo de nossos guias, Orixás e Olorum. Tenha certeza que fará grande diferença em sua vida.

(Umbanda com simplicidade)

SEM VONTADE DE IR PARA O TERREIRO?

Quem nunca sentiu aquele desânimo antes de ir a uma Gira? Quem já quase não desistiu de ir ao Terreiro?

Pois é, isso acontece com todos e é absolutamente normal! O problema na maioria das vezes não está em você ou no cansaço decorrente de um dia de trabalho, mas sim nas vibrações que estão ao seu redor.
Para dez Guias espirituais (espíritos de luz) há cerca de mil espíritos obsessores, os quais dependem de nossas vibrações e o nosso atraso para que ganhem forças. A maior estratégia de um obsessor é desproteger, então lhe pergunto: Onde você ganha mais proteção espiritual? Exatamente, no Centro de Umbanda, no Terreiro!
Já diziam: Orai e vigiai! Não diziam à toa, estamos sim regados de proteção, mas que se coloca cada vez mais próxima de nós se tiver a nossa colaboração. E como colaborar? Vigiando e orando, usando o nosso livre arbítrio para que sejamos um ímã a atrair as boas vibrações e elas automaticamente afastarem as más vibrações.
Quando aquele desânimo bater, não o deixe entrar, use de suas ferramentas, que são as diversas formas de comunicação com o sagrado. Reze, faça uma oração, lute contra esses obsessores atraindo as boas vibrações, se provendo de proteção espiritual e, posteriormente, indo para o Terreiro e se edificando para afastar o mal de vez.
Olha que engraçado, mesmo desanimado, quando você insiste e vai ao Terreiro, chegando lá o ânimo volta e você sai renovado.
Mas por quê? Porque obsessores não se afinizam com a vibração dos locais como um Centro de Umbanda. Obsessores tentarão te convencer a não ir se proteger, tentando lhe impedir de crescer espiritualmente. Portanto, lute contra esse desânimo, com absoluta certeza ele não faz parte de seu cansaço.
Obsessores usam o cansaço do dia como um impulso para lhe impedir de se proteger, lhe deixando dez vezes com a sensação de estar ainda mais estafado. Não seja um alvo fácil!

(Carlos Catucá)