Vídeo de homenagem à Iansã🌪

Iansã é o vento, as nuvens, o raio, a chuva, as tempestades e os movimentos fluídicos do ar, que circulam todo o mundo de forma suave, porém forte e ininterrupta. O clima está em mudança constante, movendo ar, água, terra e fogo, agindo lenta e constantemente para mudar a face do planeta. Ela mostra a necessidade do movimento e das mudanças para moldar o mundo ao que desejamos e merecemos. Apesar de parecer caótico e aleatório, o clima segue as leis da causa e efeito e todas as mudanças ocorrem por um motivo, da mesma forma que a perseverança e a disciplina devem ser constantes e adaptáveis para que as empreitadas sejam possíveis.

“Não importa o destino o que importa é manter-se em movimento! O caminho é mais importante que o final.”
(Bfrema)

Iansã é uma yabá que traz movimento e transformação em nossas vidas é um orixá que nunca deixa as coisas como estão, pois ela está diretamente ligada ao elemento ar e fogo.

Assim como o fogo, Iansã é capaz de transmutar cada parte estagnada de nossas vidas e assim como o vento ela é capaz de trazer liberdade, inteligência, rapidez, entendimentos rápidos e mudanças consideráveis em todos os aspectos de nossas vidas.

Oya traz a tormenta da tempestade, traz o caos, a turbulência para que possamos nos movimentar e reconstruir.

Com seus raios corta tudo aquilo que não agrega mais valor em nosso cotidiano, com as águas das tempestades limpa tudo aquilo que não precisamos mais. Ela nunca elimina aquilo que é bom e estável e forte, sempre irá atuar no que não é bom e no que possa tirar a pessoa do caminho da paz.

Iansã é guerreira e nos ensina a ter força e coragem para passar por todos os obstáculos, ela traz a energia de conquista em todos os âmbitos de nossa vida, com seus ventos traz a bonança e com seus raios ilumina nossos caminhos.

Eparrey Oyá!

Gratidão pelas doações 💙

Bom dia filhos de Mãe Jurema!🌻

É com muita alegria que viemos comunicar e agradecer pela ajuda de todos que puderam participar dessa “festa” diferente, realizada no último domingo, dia 04. Que infelizmente devido a pandemia, tivemos que inovar para fazermos a alegria da criançada.

Nosso muito obrigado!

🍭Salve a Ibeijada!🍭 Vídeo de homenagem

Salve nossas amadas crianças!

A falange das crianças vêm para nos mostrar o quanto é importante encarar a vida com alegria! Esses pequenos, com simplicidade nos trazem grandes ensinamentos, por possuírem muita inocência e pureza.

Abaixo vocês iram ver o vídeo em homenagem para Ibeijada!

SÃO COSME E SÃO DAMIÃO, MAS E QUEM É DOUM?
“Muito houve se falar dos gêmeos médicos nascidos na Síria, mas pouco se comenta que Cosme e Damião tinham um irmão menor chamado Doum. Conta-se nas lendas que Doum era muito sapeca, e certa vez perdeu-se da família. Desde então Cosme e Damião saíram a sua procura, andaram por diversos lugares, especialmente bairros pobres aonde encontram muitas crianças infestadas pela peste que se espalhava pela região. Eles então curavam as crianças usando os seus conhecimentos médicos sem cobrar nada em troca somente pedindo a Deus que os recompensasse ajudando a encontrar o seu irmãozinho. Depois de muito andarem conseguiram finalmente encontrar Doum, mas este estava infectado pela peste…Cosme e Damião usaram de todo o seu conhecimento, mas foi em vão, pois Doum sorriu e disse que estava partindo para a vida eterna, pois já havia cumprido sua missão: que era fazê-los levar a cura aos mais necessitados. Após a morte de Doum, Cosme e Damião continuaram com sua missão, curando de graça e levando a palavra de Cristo ressaltando a vida eterna, com isto acabaram como os outros mártires: perseguidos pela igreja católica e decapitados. A História contada acima é uma lenda, assim como muitas outras existentes. E o mais importar é captarmos a mensagem que estes espíritos nos transmitem, que é a alegria e o amor, sempre!”


Sandra Aparecida Gonçalves.

Doe alegria, doe doces!

Bom dia filhos de Jurema!🌻

O mês da alegria chegou! Mas esse ano será diferente de todos os outros que tivemos. Infelizmente não podemos ter aquele contato, abraço, beijo… É tudo novo para todos nós!

E dessa vez a distribuição de doces no dia de comemoração de Ibeijada será diferente, mas as crianças continuarão a receber nosso amor e carinho.
Os tradicionais saquinhos de doces serão distribuídos junto com as cestas básicas, para as famílias que já estão cadastradas mensalmente na Casa de Jurema. Nossa preocupação é zelar pelo bem estar e saúde de todos evitando aglomerações.
Estamos aceitando doações de balas, doces, biscoitos, refrigerantes pequenos, suquinhos, achocolatados, leite e todas as guloseimas que as crianças adoram. Além de itens de higiene pessoal (escova e pasta de dente, sabonete…).

Contamos com a ajuda de vocês para espalharmos essa energia de Ibeijada!

“Somos condutores de energia. Se desejamos o bem, o bem vem. Se espalhamos amor, o amor fica. Se sorrimos, sorrisos recebemos. Pode demorar. Pode não ser sempre. Mas se tem uma coisa que a vida faz é ser grata, desde que sejamos com ela. Se tem uma coisa que o Universo faz é ser justo, desde que sejamos com nosso próximo.
As coisas acontecem. A bondade existe. O amor vence. E toda positividade precisa circular. Espalhe.”

Ana Nunes

🚩Fiquem por dentro e nos sigam:

https://www.facebook.com/centroespiritacasadejurema

https://www.facebook.com/EPG-Escolinha-do-Pai-Geraldo-103651487967418/

https://www.instagram.com/escolinhaepg

O poder do perdão

Perdoar não é um ato único, não é uma palavra. Não é algo que acordamos e de repente tomamos a decisão de fazer.

O perdão é antes de tudo um sentimento, uma sensação interna de paz e libertação. Embora muitos interpretem o perdão com a libertação de quem nos feriu, o perdão é uma “autolibertação” de toda dor ao qual estávamos ligados
Nossa dificuldade em perdoar advém do nosso apego a imagem de vítima e a desilusão que nos atingiu. A falta de aceitação de que as coisas foram como foram, e não como desejávamos que fosse e a ideia de que o outro possui uma “dívida” conosco nos prende a mágoa. Quanto maior a ideia de que o outro nos deve algo, maior é a nossa dificuldade em perdoá-lo.


O que é preciso entender é que o perdão não valida a ação do outro como legal, não é uma autorização de que aquela situação possa se repetir e nem de que essa pessoa precise estar em nossas vidas. O perdão é a compreensão de que todo ser humano é falível, é o entendimento que não há dívidas a serem cobradas é a tomada de decisão de que não queremos mais prender o nosso equilíbrio emocional em uma história que não mudará.


O perdão é uma das atitudes mais positivas que podemos ter por nós em favor da nossa paz. Mas perdoar é um processo. É preciso ter esforço, porém também paciência com nosso próprio ritmo. Isso exige todo um trabalho de assimilação emocional que quando conquistado nos faz entender que mais importante do que aquilo que vivemos, é como estamos interpretando determinada situação.
Todos passamos por dores, mas é nosso apego a elas que criam o sofrimento. Não perdoar é se prender ao passado e permitir que certas pessoas e situações continuem sendo carregadas dentro de nós, prendendo a nossa felicidade.


Perdoar de verdade é soltar as mágoas e perceber que isso é um ato de amor, principalmente por si mesmo.

Alex Gruber

Salve São Roque! Atotô

Bom dia filhos de Mãe Jurema🌻

Que Omolú nos abençoe com muita saúde e proteção hoje e sempre!

O Orixá Omulú é sincretizado com São Roque em sua forma jovem, Obaluaiê. Em sua forma velha, Omulú, tem sincretismo com São Lázaro. Na Igreja Católica, São Roque é o santo padroeiro dos cirurgiões, dos inválidos e também é o protetor contra a peste. É quem renova os espíritos, o senhor das doenças, quem zela pelos mortos e rege os cemitérios. É conhecido como o campo santo dentre o mundo real e espiritual.

Meu pai Oxalá
É o rei
Venha me valer
O velho Omulu
Atotô, Obaluaiê
O velho Omulu
Atotô, Obaluaiê

Atotô, Obaluaiê
Atotô, babá
Atotô, Obaluaiê
Atotô, babá”

Que todos tenham um ótimo domingo.🙏