Reflexões sobre a morte prematura – por autor desconhecido

Apesar de não ter filhos, imagino que não haja dor maior no mundo que ver um partir antes de nós. Para espíritas e adeptos do Espiritismo, ao menos, resta o consolo da doutrina, que tenta nos contextualizar nas verdades supremas. Esse texto, de origem desconhecida, é uma reflexão muito oportuna sobre o tema.

Continue lendo…

Anúncios